SIC lidera bolsa com chegada de Cristina Ferreira

Os títulos da Imprensa, dona do canal de televisão português SIC, lidera os ganhos na bolsa de Lisboa. As acções subiram quase 3% após a contratação da apresentadora Cristina Ferreira.

As acções do grupo Impresa arrancaram a sessão a valorizar 2,8% para os 25,70 cêntimos. Mas a tendência de valorização está a acentuar-se, registando-se uma subida de 6% para 26,5 cêntimos, um máximo desde Junho.

A Media Capital, dona da TVI, por seu lado, está a afundar 14% para 2,56 euros, ainda que com apenas 500 acções negociadas.

Esta subida expressiva, numa sessão em que foram transaccionados mais de 430 mil títulos (um máximo desde a sessão de 1 de agosto), acontece depois da contratação da estrela da televisão portuguesa à estação rival.

Dizer que a apresentadora que deixa agora a TVI, assinou um contrato com a SIC que lhe garante um salário mensal de 80 mil euros mês, o que significa que, ao final do ano, Cristina Ferreira levará para casa perto de 1 milhão de euros líquidos.

Recorde-se que este é o maior contrato de transferência de sempre na televisão portuguesa e, deixa a apresentadora a ganhar mais que Francisco Pedro Balsemão que recebe menos.

 

Comentários