Refriango entre empresas pioneiras em África

A empresa Refriango consta de um grupo de 75 empresas africanas e igual número de multinacionais, identificadas pela Boston Consulting Group (BCG.

Um relatório da BCG intitulado“ Pioneirismo Africano: Empresas abrem caminho pelo continente”, refere que  a  Refriango foi considerada umas das  150 empresas pioneiras em África, imprimindo a sua pegada no país, com investimentos na criação de estruturas de raiz, na construção de marcas fortes.

A empresa angolana de bebidas, em actividade desde 2005, está num grupo integrado por 75 empresas  africanas  que constroem  verdadeiros ecossistemas locais o que permite à organização, aos colaboradores, aos  parceiros e aos clientes,  uma verdadeira integração e conexão com África, facilitando o movimento de pessoas, bens, dados e informações.

Além destas  características, estes pioneiros  africanos expandem activamente a sua pegada em vários países africanos, atrevem-se a fazer investimentos significativos em “greenfields”, usam as fusões e aquisições para acelerar a sua expansão.

Entre 2006/2007 e 2015/2016,  a média anual de investimento directo estrangeiro africano – dinheiro que as empresas africanas investiram nos países africanos – quase triplicou, de 3,7 mil milhões para 10 mil milhões de US dólares.

No mesmo período, o número médio de transacções intra-regionais de fusões e aquisições passou de 238 para 418, com transacções lideradas por africanos, representando mais de metade de todas as transacções africanas, em 2015.

A Refriango é uma empresa especializada na produção e distribuição de refrigerantes sumos, águas, bebidas energéticas e bebidas alcoólicas.

Posicionada no top de empresas angolanas e uma das maiores referências do continente africano, a Refriango é detentora de um portfólio de 15 marcas, algumas das quais líderes de mercado nos segmentos em que actuam, sendo que o refrigerante Blue, a água

 

Comentários