Casa dos Frescos amplia unidade industrial para abastecer lojas

A rede de supermercados Casa dos Frescos investiu 9,5 milhões USD para quadruplicar a sua unidade de processamento industrial de produtos de pastelaria.

A unidade industrial está instalada numa área de quase 8 mil metros quadrados, inclui pastelaria e cozinha, emprega 115 trabalhadores, dos quais 112 nacionais e três expatriados.

O director de produção da fábrica, Hugo Rodrigues, refere que o aumento da capacidade da unidade industrial vai permitir aumentar a quantidade de produtos sem afectar negativamente a qualidade e a abre a possibilidade de os revendedores começarem a baixar preços.

“Esta é a grande possibilidade de se começar a baixar preços, não só na Casa dos Frescos mas em todos os supermercados que importam alguns produtos que estamos a produzir localmente. Ao nível de matéria-prima trabalhamos já e queremos trabalhar cada vez mais com produtores locais e como tal a única coisa que pode acontecer é os preços baixarem, por isso estamos a instalamos esta capacidade”, assegura Hugo Rodrigues.

A Ministra da Indústria, Bernarda Martins, que efectuou o corte da fita e constatou in loco cada fase de produção, referiu no final que o País acaba de ganhar uma das maiores indústrias de panificação. Bernarda Martins salientou que a indústria de panificação regista uma grande proliferação pelo País, mas algumas sem as mínimas condições para operar.

“Acabamos de ver que esta indústria tem outras condições, diferentes da maioria das indústrias que têm surgido um pouco pelo País. Como sabem, o pão é essencial para a população e o que o Executivo tem vindo a fazer, com as associações de panificação, é melhorar as condições de produção deste produto”, concluiu Bernarda Martins.

Comentários