HSBC regista lucro de 7.284 milhões de euros no 1.º semestre

O lucro do HSBC cresceu 4,6% no primeiro semestre deste ano, para 8.416 milhões de dólares (7.284 milhões de euros), face a igual período do ano anterior, impulsionado pelo aumento dos depósitos na Ásia e no Reino Unido.

O HSB informou que receitas líquidas atingiram 26.880 milhões de dólares (23.270 milhões de euros) no período em análise, sobretudo devido ao efeito das taxas de câmbio no mercado de divisas, o que representou um acréscimo de 5,39% face a igual período do ano anterior.

Já os resultados líquido observado até junho foram influenciados positivamente pelo aumento das taxas de juro, explicou o HSBC em comunicado, lembrando que as despesas operacionais cresceram 6,72%, para os 17.549 milhões de dólares (15.190 milhões de euros).

Os empréstimos concedidos a clientes pelo banco somaram 973.443 milhões de dólares (842.575 milhões de euros), entre Janeiro e Junho representando uma subida de 5,9% em relação a igual período do ano passado.

Quanto aos indicadores de solvência, o rácio de capital de máxima qualidade (CET 1) caiu para 14,2% nos seis primeiros meses deste ano, dos 14,5% reportados no final de 2017 e dos 14,7% que anunciou a 30 de junho do ano passado.

 

Comentários