BNA quer maior inclusão financeira da população

O Banco Nacional de Angola (BNA) abriu em Ondjiva, capital do Cunene, a campanha financeira Bankita para facilitar o acesso dos cidadãos aos serviços bancários e a desenvolver a cultura de poupança.

Com a iniciativa, que termina nesta quarta-feira, o Banco Central vai dar a oportunidade aos concidadãos locais de abrirem contas em diversos bancos comerciais com um mínimo de apenas 100 kwanzas.

A abertura da conta Bankita em qualquer banco comercial é reservada à idadãos nacionais de baixa renda, podendo evoluir para uma conta convencional ou normal desde que o cliente complete até 100 mil kwanzas na sua poupança.

A coordenadora do evento, Priscila Alberto, disse que a campanha, de dois dias, enquadra-se no Programa de Educação Financeira do BNA e visa, além de estimulara a abertura de contas bancárias, incentivar o espírito de poupança, promovendo o crescimento e desenvolvimento das actividades comerciais da população com menor renda.

 

Comentários